Eu quero um modelito Geisy Arruda!

Gente do céu!!

Que absurdo a história dessa (des)faculdade mental Uniban.

A menina estava com um vestido normal, e, segundo alguns colegas, era esse o estilo da moça. Porque a faculdade não reclamou dos trajes da moça nos primeiros dias de aula?

Geyse estava gostosona pra kct no dia fatídico. Um bando de magrelas, feiosas pra caramba, aparecem no youtube (vídeos que passaram nos programas jornalísticos da tv) criticando a menina. Fazendo coro às Olivias Palito horrendas, vem um bando de moleques frustrados e manipulados pra ofender a menina.

O que é isso? Uma faculdade de turismo permitir um absurdo desses? Como esses alunos, esses que ofenderam e queriam linchar a Geyse, poderão graduar-se em turismo? Turismo??? Justamente uma profissão que tem, por obrigatoriedade, aceitar culturas e comportamentos distintos? Que devem respeitar as diferenças e preferências de cada um? Tem turista de tudo que é tipo no Brasil: empresários, prostitutas, gays, políticos, artistas, etc. Todos com suas excentricidades e diversidade própria.

Que tipo de faculdade, que se diz "de turismo", permite um comportamento imbecilóide de seus alunos, como podemos ver nos vídeos? Gritaria, ataques, vontade de atacar a moça? Afinal, estamos no Brasil ou em algum desses países muçulmanos, em que a mulher não pode se mostrar?

Lamentável e vergonhosa a postura da faculdade.

VEM PRO RIO DE JANEIRO, GEYSA!!!
Aqui não tem esse monte de boyola enrustido, não: cariocas adoram ver, apreciar e referenciar a beleza da mulher brasileira!

VEM PRO RIO DE JANEIRO, GEYSA!!!
Traz uns modelitos iguais ao que você vestiu. Mesmo sem o corpaço que você tem, eu usaria com muito gosto; nem que fosse só para te dar todo meu apoio!

VEM PRO RIO DE JANEIRO, GEYSA!!!

Torcendo por você, menina.
Beijinhos especiais

Um comentário:

Elida Kronig disse...

A agressão parece fazer parte da normalidade desta tal Uniban. Viram a história da aluna de Educação Física?

http://www.youtube.com/watch?v=LfxPYU_YSw4&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=6SAQtcspytI&feature=video_response

Continuo abismada com essa "instituição". Tivesse filho ou filha minha estudando lá, com certeza já o(a) teria retirado do curso.